Home

Treino Fitness
A aproximação inteligente
A história da musculação
A importância de ser acompanhado
Acessórios para musculação
As vantagens das caminhadas
Barra recta ou barra W?
Doping
É necessário usar cinturão?
Erros
Hipertrofia
Mito: Musculação causa varizes
Motivação acima de tudo
Musculação durante a gravidez. Seguro?
Musculação para crianças
Musculação para idosos
Musculação para mulheres
No ginásio ou em casa
Qualidade vs Quantidade
Segurança-no-ginásio
Sobre a musculação
Um bom sono

Alimentação
A alimentação a ter
A importância dos hidratos de carbono
Barras proteicas
Batidos proteicos
Introdução Suplementos
Musculação para vegetarianos. Sim ou não?
Receitas de barras proteicas
Receitas de batidos
Suplementos em detalhe

Exercicios
Resumo de exercícios
Abdomen
Biceps
Costas
Glúteos
Ombros
Peitoral
Pernas
Pescoço
Triceps

Lesões
A lesão mais frequente: Tendinite
Cãibras musculares
Lesões nos joelhos
Prevenção de lesões

Secçoes
Pesquisar
Contato
Condições de uso

Alimentação » A importância dos hidratos de carbono

Os hidratos de carbono (ou carbohidratos) são formados por carbono, hidrogénio e oxigénio. Eles são os que fornecem mais energia de todos os nutrientes. Uma dieta não deve apenas focar-se em proteínas mas sim, como já foi dito anteriormente, também focada um pouco por todos os nutrientes. Contudo, os hidratos de carbono são tão importantes quanto as proteínas.

Quando fazemos exercício, o nosso organismo vai buscar os hidratos de carbono às várias zonas do corpo para que tenha energia, mas ao fazer exercício acabamos por queimar essas reservas, pelo que é necessário estar-mos com o corpo “carregado” com hidratos de carbono, para que tenhamos sempre energia e tiremos o máximo dos exercícios.

Os hidratos de carbono estão divididos em 3 categorias, pelo que vamos explicar uma a uma, para que possa saber onde encontrar a melhor fonte de carbohidratos.

Monossacarídeos, que inclui as seguintes substâncias: Frutose, galactose e glicose.

Frutose: Pode ser encontrada em todas as frutas (nalgumas em maiores quantidades do que outras). Esta substancia reduz o valor da glicemia, pois fornece energia de forma lenta mas contínua.

Galactose: Pode ser encontrada em todos os produtos lácteos. A galactose é transformada em glicose pelo fígado, pelo que vamos falar já desta terceira substancia para sabermos a sua função.

Glicose: Pode ser encontrada em cereais e frutas. Ao contrário da frutose, a glicose fornece energia rapidamente.

Dissacarídeos, que inclui as seguintes substâncias: Lactose, maltose e sacarose.

A importância dos hidratos de carbono

Lactose: Pode ser encontrada no leite principalmente e é uma mistura entre a glicose e pela galactose. Possui o mesmo efeito que a glicose.

Maltose: Um derivado da glicose, que pode ser encontrado em cereais e derivados de malte. Tem o mesmo efeito que a glicose.

Sacarose: Pode ser encontrada no açúcar branco e é formada pela glicose e frutose. Esta substancia apesar de contribuir para a acumulação de reservas de energia, aumenta também o valor da glicemia.

Polissacarídeos, que inclui as seguintes substâncias: Amido, celulose e maltodextrina

Amido: Pode ser encontrado nos vegetais em geral. É a substancia mais rica em hidratos de carbono.

Celulose: Pode ser encontrada nas plantas em geral.

Maltodextrina: Pode ser encontrada em forma de medicamento / suplemento e é composto por vários oligômeros da glicose. Esta substância é óptima para atletas que têm tendência a ter o seu nível de glicemia alto.

Como foi dito, os hidratos de carbono têm várias funções, pelo que uma das mais importantes é o fornecimento de energia ao nosso organismo. Outra das funções mais importantes deste nutriente é a preservação das proteínas. Com qualquer tipo de esforço físico ou mesmo simplesmente porque o nosso organismo está sempre a funcionar, o nosso corpo está sempre a usar constantemente os nutrientes que temos guardado no nosso corpo, principalmente em forma de energia e quando existe alguma falha de nutrientes no nosso corpo, o organismo acaba por gastar as reservas de proteínas musculares. Quando isto acontece frequentemente, acaba-se por notar uma redução não só na força muscular como também uma redução na massa muscular. Com os hidratos de carbonos suficientes, o nosso organismo não chega a esse ponto.

Resumidamente, os hidratos de carbono são muito importantes visto que não só fornecem energia, como também evitam a perda de massa muscular, entre outras funções importantes para qualquer pessoa (mas mais importantes para pessoas que não levam uma vida sedentária).