Home

Treino Fitness
A aproximação inteligente
A história da musculação
A importância de ser acompanhado
Acessórios para musculação
As vantagens das caminhadas
Barra recta ou barra W?
Doping
É necessário usar cinturão?
Erros
Hipertrofia
Mito: Musculação causa varizes
Motivação acima de tudo
Musculação durante a gravidez. Seguro?
Musculação para crianças
Musculação para idosos
Musculação para mulheres
No ginásio ou em casa
Qualidade vs Quantidade
Segurança-no-ginásio
Sobre a musculação
Um bom sono

Alimentação
A alimentação a ter
A importância dos hidratos de carbono
Barras proteicas
Batidos proteicos
Introdução Suplementos
Musculação para vegetarianos. Sim ou não?
Receitas de barras proteicas
Receitas de batidos
Suplementos em detalhe

Exercicios
Resumo de exercícios
Abdomen
Biceps
Costas
Glúteos
Ombros
Peitoral
Pernas
Pescoço
Triceps

Lesões
A lesão mais frequente: Tendinite
Cãibras musculares
Lesões nos joelhos
Prevenção de lesões

Secçoes
Pesquisar
Contato
Musculação
Amor
Plantas
Nova Iorque
Condições de uso

Lesões » Cãibras musculares

Cãibras muscularesO que são?

Antes de mais vamos definir o termo “cãibra”. As cãibras são, basicamente, contracções dolorosas de um músculo. Estes tipos de contracções são completamente involuntários e surgem durante algum tipo de esforço físico onde o próprio músculo afectado está a ser usado no momento. A cãibra surge quando existe algum tipo de esforço físico a mais sobre o músculo em questão ou mesmo quando o próprio não está desenvolvido o suficiente.

Porque existe?

Já explicámos quando surge, vamos então falar do porquê. As cãibras normalmente acontecem quando existe alguma degradação da glicose (devido à falta de oxigénio) em determinado local e após algum esforço extra, o músculo acabar por se contrair forçadamente (exactamente da mesma forma como a pressão que fazemos quando ficamos com falta de ar).

Como actuar perante uma cãibra?

Por vezes uma cãibra surge durante os nossos treinos, ou mesmo durante qualquer outro tipo de actividade. Até há quem tenha cãibras horas depois em casa, descansando no sofá ou mesmo a repousar na cama. A melhor forma de tentar acabar uma cãibra o mais depressa possível antes de mais é não entrar em pânico. Sem qualquer tipo de movimento brusco na zona, respire profundamente e tente estender o músculo (no caso dos braços e pernas, etc.). Depois massaje suavemente essa zona para que as contracções reduzam até pararem. É mais difícil fazer isto quando somos nós próprios os afectados, mas se seguir estes passos sem entrar em pânico, rapidamente acabará com essa dor espontânea.

Após uma cãibra terminar, é importante não evitar o uso do músculo afectado, pois senão fica mais propício a surgir de novo. No caso de ser na perna, caminhe um pouco e mesmo no dia de amanhã volte a caminhar um pouco mais. Algo que também ajuda é arrefecer a zona afectada com gelo, pois atenua a dor. Além disso, o próprio calor é um factor que aumenta o risco de ter uma cãibra visto que com o calor, a pressão sanguínea aumenta, dilatando assim os vasos sanguíneos e consequentemente afecta os músculos devido a essa mesma dilatação.

Como evitar o surgimento de cãibras?

Apesar das causas das cãibras, elas surgem devido à falta de alguns nutrientes no nosso organismo, mas em especial os nutrientes magnésio e potássio. Existem vários alimentos ricos em magnésio e em potássio (sendo que alguns já estão incluídos na dieta, e se não estão, deveriam) como a banana, feijão, cereais integrais, agrião, couve, etc. Se o seu corpo é propício a ter cãibras frequentemente, será necessário fazer umas mudanças na sua dieta (nada de mudanças radicais) para conter mais alimentos ricos em potássio e magnésio, como também desenvolver mais os músculos em questão.

Existe vários medicamentos como a quinina que relaxam os músculos, pelo que reduzem a probabilidade de surgir um cãibra muscular, contudo o uso excessivo deste tipo de medicamentos podem causar enfraquecimento muscular, pelo que é exactamente o contrário daquilo de pretendemos com qualquer tipo de treino. Esta enorme desvantagem faz com que este tipo de medicação apenas seja recomendada para quem é afectado regularmente com cãibras.

Beber muitos líquidos também ajudar a prevenir cãibras visto que uma das causas principais é a própria desidratação.