Home

Treino Fitness
A aproximação inteligente
A história da musculação
A importância de ser acompanhado
Acessórios para musculação
As vantagens das caminhadas
Barra recta ou barra W?
Doping
É necessário usar cinturão?
Erros
Hipertrofia
Mito: Musculação causa varizes
Motivação acima de tudo
Musculação durante a gravidez. Seguro?
Musculação para crianças
Musculação para idosos
Musculação para mulheres
No ginásio ou em casa
Qualidade vs Quantidade
Segurança-no-ginásio
Sobre a musculação
Um bom sono

Alimentação
A alimentação a ter
A importância dos hidratos de carbono
Barras proteicas
Batidos proteicos
Introdução Suplementos
Musculação para vegetarianos. Sim ou não?
Receitas de barras proteicas
Receitas de batidos
Suplementos em detalhe

Exercicios
Resumo de exercícios
Abdomen
Biceps
Costas
Glúteos
Ombros
Peitoral
Pernas
Pescoço
Triceps

Lesões
A lesão mais frequente: Tendinite
Cãibras musculares
Lesões nos joelhos
Prevenção de lesões

Secçoes
Pesquisar
Contato
Condições de uso

Treino Fitness » A história da musculação

A história da musculaçãoA história da musculação já remonta à muito tempo atrás, mas não há uma data concreta de quando é a musculação se tornou um desporto a praticar. Em algumas escavações, foram encontradas pedras com moldes para mãos, fazendo pensar que as pessoas praticavam treinos com pesos.

Existe também a história de Milos de Crotona, atleta olímpico e discípulo de Pitágoras, diz que Milos corria com um bezerro nas suas costas afim de aumentar a força dos membros inferiores e quando mais pesado ficava este bezerro, mais a sua força aumentava. A cidade de Milão é um tributo a ele. Milos acabou por morrer devido a um grupo de lobos.

A primeira competição ocorreu em 1901, na cidade de Londres. Esta competição tinha o titulo “O Físico Mais Fabuloso do Mundo”. Foi realizada por Eugene Sandow. Willian Murray foi o vencedor entre 156 competidores. Willian Murray tornou-se mais tarde actor, músico e cantor e também criou após isto vários campeonatos de musculação na Inglaterra.

O prémio nestas competições era uma estátua de Eugene Sandow segurando uma barra com pesos em forma de bolas, imagem essa que continua a ser utilizada hoje em dia para premiar os vencedores dos campeonatos “Joe Wieder’s Olympia Weekend.

Devido a todos estes factos, Eugene Sandow é considerado o criador deste desporto. Ele converteu-se num ícone dos desportos e por 30 anos manteve o título de possuidor do melhor físico do mundo. Com 16 anos já tinha um físico bem desenvolvido. Eugene Sandow trabalhou no circo, com a ideia de dar a volta ao mundo e aí aprendeu os métodos para um bom desenvolvimento musculo. Em Bruxelas, o circo onde ele estava foi à falência e ele ficou sem emprego. Conheceu então Attila, um professor que fazia demonstrações de força e viu que Eugene Sandow tinha futuro. Tornou-o seu discípulo e ensinou a técnica de treinos. O par começou então a exibir-se em várias cidades, o que lhes fez ganhar algum dinheiro. Separaram-se em 1889, que foi quando Sandow percorreu a Europa até Veneza, onde foi pintado pelo artista Aubrey Hunt.

Sandow voltou para Londres e decidiu participar num desafio de força contra 2 homens que na altura pagavam 500 libras para quem os conseguisse vencer. Sandow conseguiu vencer com facilidade e continuou a sua digressão por Inglaterra.

Ele morreu em 1925, pois teve uma hemorragia cerebral após o seu carro ter caído num buraco durante uma derrapagem. Os boatos dizem que esta hemorregia foi derivado ao facto do carro ter caído e do esforço que Sandow fez ao tentar tirar o carro do buraco. Ele foi interrado no cemitério de Putney Vale, em Londres.